Resenha: Lick – Kylie Scott

resenha_lick

Sinopse:
No impulso de uma noite de diversão e bebedeira em Las Vegas, Evelyn Thomas casou-se com um desconhecido. No dia seguinte, porém, ela se deu conta de que aquilo fora um terrível engano. Então, decidiu manter este pequeno deslize em segredo. O que Evelyn não sabia era que havia se tornado a esposa do cobiçado David Ferris, guitarrista da famosa banda de rock Stage Dive. Agora, ao retornar para sua casa em Portland, ela terá de enfrentar as perseguições de repórteres, fugir às loucuras das fãs do astro e ainda encarar sua família, que não demonstrou nenhum contentamento com o ímpeto matrimonial da jovem filha. Será que Evelyn conseguirá resistir às delícias de David a fim de permanecer como “a garota certinha” ou decidirá embarcar nessa glamourosa aventura junto ao marido rockstar?

separador

Hoje vamos fazer uma resenha um pouco diferente, pois o amor por este livro foi tão grande, que a resenha vai ser em dupla:

Mirela: Meu Deus David!!!! Você me conquistou sabia?
Quem me conhece sabe que eu costumo me encantar com os mocinhos dos livros, mas raramente eu me apaixono de verdade. Tive por anos o mesmo mocinho como favorito mas por motivos de incompetência da autora no terceiro livro acabei perdendo todo o encanto e deste então estava “solteira”, até agora. David com certeza entrou para a minha lista de preferidos, ocupando a primeira posição. Ele não é o clichê roqueiro-famoso-drogado que as autoras usam e abusam, é sensível, apaixonado, compreensível e muito, muito fofo, com um grande diferencial dos demais mocinhos dos outros livros: Não tem medo de se apaixonar, não foge do que sente, não tem alergia a relacionamentos, é perfeito!!!

Silvia: Outro ponto positivíssimo de Lick é a presença de excelentes personagens secundários, que possuem livros próprios (no caso os demais membros da banda)! Além de bem desenvolvidos e apresentados o suficiente para gerar curiosidade a prosseguir lendo a série, dão um suporte a história e aos personagens principais.

Mirela: Evelyn também é muito boa, ainda que seja aquele tipo de mocinha perfeccionista, com mania de planos, que tem todo o perfil traçado para sua vida e que perde totalmente o rumo quando encontra o amor de sua vida. Amor este que começa totalmente ao contrário, primeiro se casam e depois se conhecem mas mesmo assim, nos deixou apreensiva com o que esperar.
O livro é todo narrado em primeira pessoa, pela Evelyn. Isso contribui para nos deixar totalmente no vácuo quanto as reais intenções de David e as vezes tão confusa quanto ela, pois realmente, a situação era inusitada. Casar em Vegas com um estranho não é uma situação normal, não se lembrar nada do que aconteceu na noite do “casamento” é ainda pior, e como se não bastasse, seu “noivo” ser um guitarrista de uma das bandas mais famosas do momento. Realmente não é fácil. Mais inacreditável ainda é o fato que David parecia realmente interessado em fazer a relação dar certo, e eu totalmente entendo Evelyn em ir com cautela e medo nesta história.

Silvia: Não seria exatamente um ponto negativo, pois entendo a razão de não ter sido feito, mas algo que eu gostaria de ter lido era a noite em Vegas… É claro, o livro é em primeira pessoa, sob o ponto de vista de Evelyn, mas eu teria morrido mais de amor por ambos (se é que isso é possível) se tivesse lido TUDO que aconteceu naquela noite!!!

Mirela: O único ponto negativo que vou ressaltar é a tradução da Universo dos Livros. Ela realmente não encaixou. Muitas vezes abusava de um português culto que não combinava com a história e do nada largava umas expressões totalmente divergentes da narrativa utilizada até então. Mas o imperdoável foram alguns erros de tradução, pior que o Google tradutor sequer faria. Ponto negativo para a editora, mas que não vai tirar nenhuma estrela do livro, porque não é culpa da autora nem do livro.

Silvia: Todas nós já passamos pela paixonite por uma banda… e Stage Dive não será diferente! Com certeza, um desses caras ganhará o seu coração…

Mirela: Com ótimas tiradas de humor Kellie Scott nos presenteia com um livro apaixonante e muito bem desenvolvido. Eu peguei o livro pra ler só pela capa (e que capa!!!!), confesso, se fosse só pelo título dificilmente pegaria pra ler, mas não sei, algo me dizia: leia. E eu me atirei. Esperava uma história boba, hot (pela capa e título tinha quase certeza) e mais do mesmo, mas me surpreendi.

my rating 5 stars

3 pensamentos sobre “Resenha: Lick – Kylie Scott

  1. Simplesmente amei a resenha em dupla, mesmo que não colocasse os nomes antes, eu saberia quando era Mirela falando hahahaha Mi, adorooo suas indicações e ainda mais que Silvia também gostou…. então vou ler e me apaixonar hahaha
    beijos

    Curtir

  2. Pingback: LANÇAMENTO: PLAY – KYLIE SCOTT |

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s