Opinião: O Pequeno Príncipe – O Filme

poster-do-filme-o-pequeno-principe-1435159970243_956x500

Sinopse:
Uma garota acaba de se mudar com a mãe, uma controladora obsessiva que deseja definir antecipadamente todos os passos da filha para que ela seja aprovada em uma escola conceituada. Entretanto, um acidente provocado por seu vizinho faz com que a hélice de um avião abra um enorme buraco em sua casa. Curiosa em saber como o objeto parou ali, ela decide investigar. Logo conhece e se torna amiga de seu novo vizinho, um senhor que lhe conta a história de um pequeno príncipe que vive em um asteroide com sua rosa e, um dia, encontrou um aviador perdido no deserto em plena Terra.

separador

Vá desarmado(a) para assistir a esta belíssima animação. Eu sei que estão se perguntando “como assim, Camilla?”. Simples, deixem o livro de lado e embarque na visão de Mark Osborne (Kung Fu Panda). Eu sei que é difícil deixar a obra de Saint-Exupéry em segundo plano, especialmente para quem é fã, mas neste caso deixe-se envolver.

A frase célebre “O essencial é invisível aos olhos” está captada muito bem no filme, visto que a alma do livro transborda na sensibilidade e emoção do que se vê na telona. Aqui vai uma dica: veja em 3D. A qualidade da animação, feita em duas técnicas diferentes, é incrivelmente bela. Não decepciona. E em conjunto com a trilha sonora, é impossível não se comover. Os acordes doces e suaves de Hans Zimmer (A Origem), Richard Harvey (Uma Intriga Internacional) e Camille Dalmais (Ratatoullie) cativam e impressionam nas cenas mais emotivas, conquistando até aqueles de coração peludo (risos).

A escolha em desenvolver duas histórias paralelas foi a chave para o sucesso (ou fracasso para poucos) de O Pequeno Príncipe. De um lado, temos uma garotinha que começa a perceber o peso do mundo e se vê em uma amizade com seu vizinho idoso, que está repleto de contos sobre um jovem príncipe que encontrou no deserto. Do outro, vemos as pinceladas lúdicas que conta a vida do principezinho e suas descobertas.

Agora paro por aqui, porque assim como o livro, a animação desafiará cada um a ter seu próprio ponto de vista. Para mim, foi especialmente tocante, lindo e efusivo, sendo incapaz de segurar as lágrimas. E mais uma vez, as animações não se preocupam apenas com o público infantil. A exemplo de Divertida Mente (Pixar), muitos adultos vão se apaixonar.

Aqui no Brasil, as vozes principais do aviador e da menininha são, respectivamente, de Marcos Caruso (Avenida Brasil) e Larissa Manoela (Carrossel). Na cópia original, o elenco conta com as vozes de Jeff Bridges (aviador), Mackenzie Foy (menininha), Rachel McAdams (mãe), Marion Cotillard (rosa) e Benicio Del Toro (serpente).

Cinco Estrelas

#/EstreiaDaSemana #/PreparemSeusLencinhos

Fontes: IMDb, Adoro Cinema

Assista ao Trailer:

Por Camilla Carvalho

Um pensamento sobre “Opinião: O Pequeno Príncipe – O Filme

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s