Resenha: Não Estava Nos Planos – Livia Moura

resenha_nao_estava

Sinopse:
Samantha é a geniosa, competente e promissora jornalista da mais prestigiada revista do país. Mas no que diz respeito a vida amorosa, a mulher de 25 anos é um completo fiasco por conta da paixão secreta que nutre pelo melhor amigo desde que se entende por gente. A coisa toda só piora mais um pouquinho quando Rodrigo, o tal amigo, dá a notícia que vai se casar com Júlia – uma garota que praticamente acabou de conhecer – e ainda convida Samantha para ser sua madrinha.
Determinada a ficar próxima do casamento para tentar convencer o amigo de que essa ideia é um grande erro e sabendo que a última oportunidade de se declarar está se aproximando, Sam resolve aceitar a difícil missão. O que ela com certeza não esperava era encontrar André na viagem de preparação para o casamento, um de seus grandes rivais na profissão por ser fotógrafo na maior concorrente da revista onde trabalha e viver disputando com ela os maiores furos de notícias.
O que ela esperava menos ainda era descobrir que, por mais incrível que pudesse parecer, talvez os dois tivessem pelo menos uma coisa em comum, já que o cara é ex-namorado da noiva e, pelos mesmos motivos que fizeram de Samantha uma das madrinhas, topou participar e fotografar o evento de casamento.
Uma única viagem pode ser a oportunidade para que muitas verdades venham à tona ou, ainda, para que mais dúvidas surjam… E se Samantha e André dessem um tempo em suas diferenças e se unissem para tentar dar um fim nesse casamento, mas acabassem envolvidos um pelo o outro? E se, ao mesmo tempo, a insegurança de Rodrigo com seu futuro o fizesse pensar se é realmente Sam a mulher de sua vida após tanto tempo a vendo só como uma amiga enquanto Júlia tem uma recaída por seu ex tão sedutor?
Muita coisa não estava nos planos do casamento que deveria ser perfeito… Principalmente um quadrado amoroso dos mais complicados.

separador

“Almoço às 12:00 hrs no lugar de sempre? Tenho uma novidade das boas e um pedido importante pra fazer. Prepare-se! Vai ser especial! Rodrigo.”
Não era um anjo do jornalismo, mas era Rodrigo. Novidade das boas? Pedido para fazer?
Vai ser especial? Ele adora me enviar mensagens com certos códigos estranhos, mas esse parece dos bons. O que pode ser? “Pense sem usar suas fantasias, Samantha”, um bipe interno mandava a mensagem para meu cérebro e coraçãozinho burro.
Digamos que Rodrigo seja meu melhor amigo desde a infância. Digamos que a gente saiba tudo um sobre o outro e faça tudo juntos desde sempre. Digamos que a gente se entende como ninguém. E, bem, digamos que eu seja apaixonada por ele. Completamente.
Estupida e idiotamente.
Não tenho palavras para descrever a surpresa que foi ler este livro!!! Eu simplesmente devorei ele em poucas horas, não conseguindo largar um só minuto. Me apaixonei perdidamente por André, que é bem o tipo de mocinho que eu ADORO, engraçado, irônico, apaixonado e claro, lindo de morrer.
Me identifiquei muito com a situação de Samantha, pois quem nunca teve uma paixão platônica por um amigo, principalmente na adolescência, e quem nunca ficou sendo mantida em “banho-maria” por este amigo? Bom, talvez muitas pessoas não tenham, mas eu já, e adorei saber que não estive sozinha!!!
E o que eu mais gostei deste livro é que ele fugiu totalmente do lugar-comum, pois inicialmente pensamos que Rodrigo, o melhor amigo de toda a vida e paixão secreta é que seria o mocinho, mas não. André, o inimigo, o rival, o insuportável fotógrafo da revista concorrente onde Samantha trabalha chega com tudo e acaba com qualquer chance do Rodrigo ser o mocinho fofo.
O livro é contato alternando os pontos de vista de Samantha e André, e eu adorei isso. Ok, é normal isso, mas dificilmente funciona, dificilmente uma autora consegue fazer um bom ponto de vista dos homens, afinal, não é tão facil assim acertar o que passa na cabeça deles. Mas a Lívia acerta em cheio, e André nos conquista desde o início.
 
— Sabe, é bom mesmo você me segurar, André, porque quando eu conseguir me soltar vai haver um loiro a menos no mundo.
Minha voz sai ríspida conforme continuo sentindo uma mão de André segurando as minhas e uma respiração voraz e quente próxima o bastante do meu pescoço para ser capaz de fazer ser meio difícil achar a situação boa pelo motivo que citei e não por outros.
— Você não relaxa nunca? — não posso ler sua expressão por razões obvias, mas sua voz já insinua uma insuportável tranquilidade.
— Relaxar? — a minha é o completo oposto. — Eu tive um dia infernal e agora tô com a droga de uma venda nos olhos e sendo sequestrada por um babaca… Pode me dizer como relaxar em uma situação assim, olhos azuis? Porque eu adoraria saber…
Passei por vários momentos de raiva, querendo entrar no livro e sacudir alguns personagens, outros momentos de emoção, querendo abraçar a Samantha, outros momentos de calor, pela química perfeita entre Samantha e André.
Indico a todo mundo que quer uma leitura divertida, apaixonante e leve, pois com certeza é um livro que nos faz terminar com um sorriso no rosto.
Dou 5 estrelas com muito orgulho!!!!
my rating 5 stars
Por Mirela

2 pensamentos sobre “Resenha: Não Estava Nos Planos – Livia Moura

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s