Resenha: Caixa de Pássaros – Josh Malerman

resenha_caixa_passaros

Sinopse:
Romance de estreia de Josh Malerman, Caixa de pássaros é um thriller psicológico tenso e aterrorizante, que explora a essência do medo. Uma história que vai deixar o leitor completamente sem fôlego mesmo depois de terminar de ler. Basta uma olhadela para desencadear um impulso violento e incontrolável que acabará em suicídio. Ninguém é imune e ninguém sabe o que provoca essa reação nas pessoas. Cinco anos depois do surto ter começado, restaram poucos sobreviventes, entre eles Malorie e dois filhos pequenos. Ela sonha em fugir para um local onde a família possa ficar em segurança, mas a viagem que tem pela frente é assustadora: uma decisão errada e eles morrerão.

separador
Caixa de Pássaros caiu na minha mão por recomendação de um amigo querido fanático por suspense. O título me deixou um pouco “encucada”, afinal quem em sã consciência daria este nome a um thriller psicológico? Enfim, recomendação e curiosidade juntas só dão um resultado: leitura!

Bem, o livro conta a história de uma pandemia misteriosa causadora de transtornos mentais terríveis, que começou a uns quatro anos atrás quando algumas pessoas cometeram suicídio sem explicação alguma. Os casos foram aumentando, daí a pandemia, gerando pânico e medo. Mas uma das soluções encontrada para sobreviver é fechar os olhos.

“O homem é a criatura que ele teme.”

Nossa protagonista embarca na loucura dos tempos em conseguir manter sua vida, especialmente quando descobre que não está sozinha no mundo. Grávida e com medo, Malorie precisa se adaptar a nova realidade a sua volta. Sem poder confiar em seus próprios olhos e vivendo em uma escuridão forçada, a sobrevivência não é uma escolha, mas o dever de seguir em frente e garantir um futuro para si e seus filhos.

O que mais gostei da história foi como Josh Malerman teceu os detalhes de sobrevivência de todos. Sem a visão, como o ser humano reagiria a clausura em tempos modernos? Com tanta tecnologia, será que sobreviveríamos ao caos? Muitos questionamentos desse tipo pode lhe atingir durante a leitura, mas a impressão de que algo espreita lá fora foi o que me manteve a prosseguir na leitura. Além disso, a narrativa traz o presente e o passado lado a lado, assombrando ainda mais o leitor sobre o que raios levou a população mundial a enlouquecer deste jeito.

“É um blecaute, pensa Malorie. O mundo, o exterior, está sendo desligado.”

A verdade é que o autor soube bem como amarrar a atenção do leitor nos capítulos decisivos, onde a história realmente ”pega”. Contudo, senti certa frustração ao me deparar com situações em que esperava mais respostas ou aquele suspense que estamos acostumados a ler nesta categoria de livros. A histeria envolta do medo compartilhado acabou sendo subjulgado algumas vezes por um breve e incompleto suspense. E fora as diversas teorias que rodam em nossas mentes durante a leitura que afundam no mar de incertezas e dúvidas.

“- Seja o que for – continua Tom -, nossas mentes não conseguem entender. Pelo que parece, as criaturas são como o infinito. Algo complexo demais para nossa cabeça. Sabe?”

É uma boa história, mas faltou o temor que faz nosso coração bater mais forte.

4estrelas

Por Camilla

Um pensamento sobre “Resenha: Caixa de Pássaros – Josh Malerman

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s