Resenha: Notas Quentes – Jay Crownover

resenha_notas_quentes.JPG

Sinopse:
Quando Jet Keller sobe no palco com aquela voz meio rouca, dedilhando intensos acordes de guitarra, todas as garotas vão à loucura. O corpo tatuado, o cabelo rebelde e o olhar sedutor fazem desse roqueiro um grande conquistador, capaz de levar a mulher que quiser para a cama. Muitos garotos sonham com a estudante de química, Ayden Cross. Seus olhos cor de uísque, as pernas supercompridas, o ar de mistério e até o seu sotaque fazem qualquer um perder o juízo. Mas Jet é o único homem capaz de enlouquecê-la e tirá-la de sua vida certinha. Há muito tempo que Ayd e Jet se desejam, mas por acreditarem que são um o oposto do outro, têm evitado essa paixão. Porém, um desejo assim tão ardente não pode ser contido por muito tempo e o que está para acontecer entre esses dois será avassalador. Notas quentes é um romance tórrido, cheio de revelações e com intensas cenas de amor que irão ficar gravadas em você tal como um rock sedutor.

separador

Minha Resenha:
E novamente resolvi li um livro da minha lista perdida de 2013, e novamente, que surpresa, um arrependimento por ter demorado tanto.
Reencontrar Rule e Shaw foi uma satisfação muito grande, eles ainda ocupam um lugar muito especial no meu coração.

Neste livro o protagonista é Jet (amigo de Rule) e Ayden (amiga de Shaw). Jet é um irresistível roqueiro tatuado, que usa a música para colocar para fora a raiva que tem dentro de si, uma raiva que nutre por seu pai e por si mesmo por não conseguir ajudar sua mãe como gostaria.

Ayden é uma personagem bem chatinha e complicada. Colocou na cabeça que precisava de uma vida segura (até aí ok) e que para isso precisava se relacionar com um homem que tivesse o seu futuro mapeado e garantido. Ela não contava se apaixonar por Jet, que é totalmente desprovido de qualquer plano sob o futuro.

Eu sinceramente achei a Ayden um pouco interesseira, pois só se deixou entregar na paixão que sentia pelo Jet depois de ver que ele não era tão sem futuro quanto ela imaginava.

O Jet, pasmem, era perfeito. Risos. Sabia dizer as coisas certas, mesmo que fosse cabeça quente, e tudo bem que as vezes meteu os pés pelas mãos, mas ele sempre soube o que sentia, e se não agia conforme “o esperado” era porque a imagem que a Ayden passava para ele (e para todos os seus amigos) era de uma garota certinha e perfeitinha que não se adequava ao padrão de vida dele.

A leitura foi bastante satisfatória, Jay tem uma escrita muito boa, e felizmente, a tradução deste livro não estava tão ruim quanto a do primeiro (eu li em inglês, mas vi trechos e a linguagem estava muito malandra, o que tirava um pouco o encanto da história).

Outra coisa que eu gostei é que a história tem uma linha de desenvolvimento para os outros personagens, não é uma série que eu indique ler fora de ordem, nós continuamos vendo o desenrolar de Rule e Shaw e somos apresentados aos demais personagens dos próximos livros, e sem esta introdução, acredito que a apreciação às histórias podem ficar prejudicadas.

my rating 5 stars

Por Mirela

Um pensamento sobre “Resenha: Notas Quentes – Jay Crownover

  1. Pingback: Resumo de Leituras de Dezembro e Janeiro |

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s