Resenha: Como Eu Era Antes de Você – Jojo Moyes

resenha_como_eu_era

Sinopse:
“Aos 26 anos, Louisa Clark não tem muitas ambições. Ela mora com os pais, a irmã mãe solteira, o sobrinho pequeno e um avô que precisa de cuidados constantes desde que sofreu um derrame. Trabalha como garçonete num café, um emprego que não paga muito, mas ajuda nas despesas, e namora Patrick, um triatleta que não parece interessado nela. Não que ela se importe. Quando o café fecha as portas, Lou é obrigada a procurar outro emprego. Sem muitas qualificações, consegue trabalho como cuidadora de um tetraplégico. Will Traynor, de 35 anos, é inteligente, rico e mal-humorado. Preso a uma cadeira de rodas depois de um acidente de moto, o antes ativo e esportivo Will desconta toda a sua amargura em quem estiver por perto. Tudo parece pequeno e sem graça para ele, que sabe exatamente como dar um fim a esse sentimento. O que Will não sabe é que Lou está prestes a trazer cor a sua vida. E nenhum dos dois desconfia de que irá mudar para sempre a história um do outro. Como eu era antes de você é uma história de amor e uma história de família, mas acima de tudo é uma história sobre a coragem e o esforço necessários para retomar a vida quando tudo parece acabado.”

separador

Minha Resenha:

“… a estreia do filme em 2016 fez com que tomasse uma decisão: largar mão do medo e encarar o livro para ter minha própria opinião.”

Antes de mais nada, preciso explicar uma coisa. Quem me conhece um pouco sabe que um dos meus livros favoritos é “A última carta de amor” de Jojo Moyes. Ele foi tão importante e intenso na minha vida que se tornou uma recomendação quase automática. Quando comecei a interagir com outras leitoras em redes sociais, uma situação se repetiu com alguma frequência: eu recomendava o livro e ouvia uma resposta relutante em ler “A última carta de amor” por causa de “Como eu era antes de você”… Isso não fez muito sentido até que me deparei com o spoiler deste último. A partir disso, compreendi a relutância e o livro ficou a espera de um momento de coragem.

O tempo passou e ficou cada vez mais distante a leitura, até que a estreia do filme em 2016 fez com que tomasse uma decisão: largar mão do medo e encarar o livro para ter minha própria opinião.

Provavelmente você sabe do que falo e as razões pelas quais muitos leitores temem ou rejeitam este livro, mas meu conselho a você que ainda tem dúvidas entre ler ou não é: LEIA. Este livro não é bem sobre o que você está pensando.

Jojo Moyes é uma autora extremamente habilidosa e envolvente, que aprecia mostrar situações em paralelo, levando o leitor a tecer comparativos, a raciocinar sob outros pontos de vista e neste livro, isso se dá o tempo todo.

É interessante constatar, que o livro não trata de Will Trainor e seu drama, como seu próprio título aponta (apesar de não termos esta percepção imediatamente), ele conta a história de Louisa Clarke, ou como carinhosamente todos chamam, Lou. E ela será Lou para você também, pois, assim como Will, você vai se encantar por ela e querer que ela transforme sua vida, pois ela merece. Merece toda a felicidade do mundo. Curiosamente, este também é o sentimento de Lou por Will. Vendo por trás da dureza, ironia e crueldade, Lou vê Will em sua essência e, por isso, ela se empenha para que ele perceba o quanto ele também é merecedor da felicidade. E você também verá isso.

Só que neste momento, Jojo apresenta na mais triste alegoria, um duro mas importante ensinamento que todos devemos manter em mente: o de que ninguém muda senão por vontade própria. E assim, o drama de Lou passa a ser imensamente mais cruel. E por mais que você pense que já saiba tudo sobre essa história, é impossível não ser tocada profundamente pelo sofrimento de Lou, pois há neste livro muito mais do que um tetraplégico e uma cuidadora. É um livro sobre escolhas e o quão elas são pessoais.

É claro que se você já definiu em sua mente que este livro não é pra você, eu não vou dissuadi-la ao contrário. Há muito já coloquei Nicolas Sparks na lista dos livros que jamais lerei. Eu entendo você neste sentido. Agora, falo novamente a você que teme mas gostaria de ler, “Como eu era antes de você” é muito mais do que você imagina, mesmo que isso não mude o resultado… você vai rir e chorar e talvez acabe como eu, ainda se emocionando mesmo que já tenha lido há quase um mês e tendo a impressão de que Lou e Will ficarão pra sempre na mente, pois foi uma experiência linda (mesmo que triste) e necessária.

my rating 5 stars

Por Silvia Lima

4 pensamentos sobre “Resenha: Como Eu Era Antes de Você – Jojo Moyes

  1. Pingback: Resumo de Leituras de Dezembro e Janeiro |

  2. Pingback: Resumo de Leituras de Abril | Cinco Garotas Exemplares

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s