Crítica: Steve Jobs

000000

Hoje vamos abrir uma exceção. Pois temos que comentar sobre um longa que merecia ter tido mais atenção. É por isso que Steve Jobs está aqui. Com interpretações magníficas (não é a toa que os atores Michael Fassbender e Kate Winslet receberam sua indicações), confira nossa crítica do filme sobre um dos gênios da informática da atualidade.

Steve Jobs
Distribuidora: Universal Pictures

Direção: Danny Boyle

Elenco:
Michael Fassbender como Steve Jobs
Kate Winslet como Joanna Hoffman, ex-chefe de marketing da Macintosh;
Seth Rogen, Steve Wozniak, co-fundador da Apple
Jeff Daniels como John Sculley, CEO da Apple entre 1983 e 1993;
Katherine Waterston como Chrisann Brenna, ex-namorada de Jobs e mãe de sua filha;
Perla Haney-Jardine, Ripley Sobo e Mackenzie Moss vivendo Lisa Brennan, filha de Jobs, em diversos estágios de sua vida.

Sinopse:
Focado nos bastidores de três lançamentos icônicos e terminando em 1998 com o lançamento do iMac, `Steve Jobs´ nos leva aos bastidores da revolução digital e apresenta um retrato intimo de um homem brilhante em seu epicentro.

238146.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxx

Minha Crítica:
Primeiramente quero deixar claro que eu sou fã incondicional do Steve. Sim, sei que ele é insuportável, difícil de lidar, teimoso e insensível. Mas mesmo assim eu sou fã dele. Acima de tudo eu acho ele um revolucionário, um idealista e perfeccionista, e normalmente estas não são pessoas fáceis de lidar.

126502.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxx“Você não é um engenheiro, você não é um designer, você não sabe nem martelar um prego. Eu construí o circuito e a interface gráfica foi roubada. Então como, 10 vezes por dia, eu tenho de ler que Steve Jobs é um gênio? O que você faz?”
Steve Wozniak (interpretado por Seth Rogen) para Steve Jobs em cena do filme.

Isso é carisma. Como uma pessoa intragável consegue ter tanto carisma? Não é essa a pergunta do filme, mas é a pergunta que eu me fiz. O filme conta algumas partes da vida de Steve de forma bem realista, sempre acompanhada de grandes lançamentos dos seus produtos.

Os pontos mais emotivos envolvem o relacionamento dele com a primeira filha, a qual ele relutou em assumir, e são as poucas partes que vemos algo de humano na personalidade retratada no filme, bem diferente da versão mais leve retratada no filme Jobs com Ashton Kutcher.

507193.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxxPor querer que tudo saia exatamente do seu jeito ele tortura quem for preciso, e eu tenho que dizer que dou o Oscar da paciência para Joanna Hoffman, interpretada por Kate Winslet. Por mais que eu o admire não sei se aguentaria tanto tempo como ela aguentou.

A atuação de ambos está excelente, e eu realmente espero que a Kate ganhe o Oscar, mas minha torcida maior vai para o Michael Fassbender, não só porque sou muito fã dele, mas porque ele está muito bem, embora duvide que ele leve.

Não vi muitos filmes do Oscar deste ano mas este foi muito especial. A dinâmica do filme está ótima, não fica cansativa, nem exagerada. Recomendado até para quem não é fã de tecnologia, embora quem seja vai tirar mais proveito de algumas tiradas, todas geniais.

my rating 5 stars

Por Mirela Motta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s