Resenha: Simon vs. a Agenda Homo Sapiens – Becky Albertalli

10015384._SY540_.jpg

Simon vs. a Agenda Homo Sapiens
Becky Albertalli
Páginas: 272
Editora: Intrínseca

Sinopse:

Simon tem dezesseis anos e é gay, mas ninguém sabe. Sair ou não do armário é um drama que ele prefere deixar para depois. Tudo muda quando Martin, o bobão da escola, descobre uma troca de e-mails entre Simon e um garoto misterioso que se identifica como Blue e que a cada dia faz o coração de Simon bater mais forte.

Martin começa a chantageá-lo, e, se Simon não ceder, seu segredo cairá na boca de todos. Pior: sua relação com Blue poderá chegar ao fim, antes mesmo de começar.

Agora, o adolescente avesso a mudanças precisará encontrar uma forma de sair de sua zona de conforto e dar uma chance à felicidade ao lado do menino mais confuso e encantador que ele já conheceu.

Uma história que trata com naturalidade e bom humor de questões delicadas, explorando a difícil tarefa que é amadurecer e as mudanças e os dilemas pelos quais todos nós, adolescentes ou não, precisamos enfrentar para nos encontrarmos.

separador

Minha Resenha:

Ah, Simon. Como pode um personagem ser tão fofo? Gente, ele é muito fofo. Já disse que Simon é fofo? *voltando ao meu normal* Ok, péssima introdução! Mas deixe-me tentar de novo, certo?!

Simon Vs A Agenda Homo Sapiens apareceu para mim em uma das reuniões do clube do livro aqui na minha cidade. Inicialmente, achei a capa intrigante, mas como era YA, deixei de lado porque tinha muita coisa para ler. Mas no mesmo mês, houve a Turnê Intrínseca, em que tive o prazer que comparecer ao evento de divulgação dos livros e novidades da editora. E Simon foi um dos livros que foram apresentados.

Não resisti e li!!!! *suspiros e sorriso*

Não me arrependi. Becky Albertalli traz uma narrativa simples e leve de uma temática forte e tão atual. A autora abordou com candura a aceitação de Simon em ser gay e todas as consequências disto. Adolescente, com um segredo desses e tantas dúvidas sobre como abordar tal assunto (a tal “saída do armário”) com sua família e amigos, Simon rendeu uma história tão fenomenal quanto linda.

“É o seguinte: o nome Simon que dizer “aquele que ouve” e Spier quer dizer “aquele que observa”. O que significa que estou destinado a ser fofoqueiro.”

Desde o primeiro capítulo, descobrimos que Martin, o palhaço da escola, descobre que Simon troca emails com outro garoto que compartilham o fato de também se assumir gay. Diante desta informação e interessado em Abby, amiga de Simon, o idiota (sim, você ainda vai ter muita raiva e depois pena deste palerma) chantageia o pobre rapaz para que o ajude a se aproximar da garota. E qual é a alternativa de Simon?

Ainda com medo de sair do armário, nosso fofo (ah, gente desisto, esse adjetivo vai me perseguir por aqui! Please, perdão!) não tem outra opção além de ajudar Martin.

“Você pode decorar os gestos de uma pessoa, mas nunca saber o que se passa na cabeça dela.”

Mas a história não envolve só este dilema. Simon também tem que conviver com a dúvida de como abordar “sua situação” com sua família hilária (Os Spiers são mega abelhudos e divertidos!!!) e seus amigos mais queridos. Além disso, sua relação virtual com Blue está cada vez mais íntima e instigante, afinal, assim como Simon, Blue também estuda no mesmo colégio e pode vir a desistir de se comunicar com ele se descobrir a chantagem de Martin.

Ainda, acrescente a esta história diálogos divertidos, troca de emails hilários, referências a Harry Potter e música, além de… Oreos! (risos) Sim, tais biscoitos (ou bolachas O.o) estarão presentes em muitos capítulos.

“O anonimato teve seu propósito entre nós, eu entendo. Mas agora eu quero conhecer você de verdade. Com amor, Simon.”

Falando sério, este livro me surpreendeu com a desafetação que a autora tratou todo o enredo, da vida real de um garoto aos 16/17 anos. Abordando não só a complexidade que é a adolescência, mas o bullying e a descoberta de quem se é. A naturalidade na escrita de Albertalli é viciante. Simon Spier é um personagem íntegro, carismático e tão real, que o sentimento que se tem é de protegê-lo e torcer para que seja feliz no final do livro.
Leitura leve, engraçada…. e fofa!!!!! (risos)

Classificação: 5 Estrelas e um pacotão família de Oreo!!!!!
my rating 5 stars

Por Camilla Carvalho

2 pensamentos sobre “Resenha: Simon vs. a Agenda Homo Sapiens – Becky Albertalli

  1. Eu já tinha visto esse livro, mas não tinha chamado a atenção. Mas agora, nossa! Preciso ler, rápido! Adorei sua resenha e as partes do “fofo”.
    Bjo

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s