Dica de Filme: Paris A Qualquer Preço (Paris À Tour Prix)

maxresdefault.jpg

Paris A Qualquer Preço (Paris À Tour Prix)
Distribuidora: Califórnia Filmes
Gênero: Comédia
Ano: 2014

Sinopse:

Maya Ben Latif (Reem Kherici) é uma mulher inteligente, saudável, bonita e com um bom emprego. Certo dia, ela se envolve em um problema e acaba sendo deportada para seu país de origem, o Marrocos. Desesperada e tentando encontrar uma maneira de voltar, Maya é obrigada a conviver com a sua família que ela evitou durante anos.

separador

Minha Crítica:

Eu amo uma boa comédia. Este filme apareceu na grade de programação e não resisti. Mas é claro, que eu pensei que fosse um drama francês, tipo Samba (2015). Hahahahaha, tão tonta eu!

O filme conta a história de Maya, uma aspirante a estilista e fashionista-mor que vive muitos anos em Paris, cidade que ela ama e adotou como sua casa. Quando a oportunidade de ouro surge a sua frente, Maya acaba passando por um perrengue ao ser abordada pela polícia, pois é assim que descobre que seu visto está vencido.

Consequentemente, ela acaba sendo DEPORTADA!!!!!!!!!!! Retornando ao seu país de origem: o Marrocos.

Não preciso dizer que o choque cultural que ela enfrenta é no mínimo hilário! Além disso, a fashionista terá que enfrentar um de seus maiores desafios: sua família!

Este slideshow necessita de JavaScript.

O filme é muito divertido, bem “Sessão da Tarde”. Há uma carga boa de drama, mas a comédia é o que faz este filme decolar. Reem Kherici, que também é a diretora deste longa, faz uma protagonista que tem uma alma parisiense, mas em conflito com sua origem marroquina. No início, até é possível sentir uma raivinha dela, mas a Maya é tão enrolada e divertida, que você acaba rindo das loucuras que ela acaba fazendo para conseguir o visto de volta.

E não pense que ela vai só sofrer por conta do visto. Guarde este nome: Tarek (Tarek Boudali)! Hahahahahaha Essa criatura me fez rir litros!!!!!!!!! Também há um romancezinho porque ninguém é de ferro e Medhi (Salim Kechiouche) faz muito bem seu papel (suspiros). E, não posso esquecer, dos amigos hilários Alexandra (Cécile Cassel) e Firmin (Philippe Lacheau).

Por fim, a trilha sonora é legal e eclética. Com destaque para Feist, Pauline Konrad e The Mademoiselles. O instrumental é de Laurent Aknin.

Trailer:

4estrelas

Por Camilla Carvalho

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s