Capa Revelada: Ego Maniac, de Vi Keeland

Ego Maniac

Um romance de Vi Keeland

img_5732

Dia 16 de Janeiro é o lançamento do mais novo livro de Vi Keeland. A pré-venda exclusiva do e-book (em inglês) está disponível no iBooks:

iBooks ➜ http://apple.co/2ghV4YU

Goodreads ➜ http://bit.ly/2fY2ChQ

Se quiser se inscrever para receber notícias sobre a disponibilidade da pré-venda nas demais lojas, se cadastre neste link ➜ http://www.subscribepage.com/f0e2q3

Participe do grupo da autora e fique sabendo de todas as novidades!

https://www.facebook.com/groups/ViKeelandFanGroup/

Sinopse:

Na noite que eu conheci Drew Jagger, ele tinha recém invadido o meu novo escritório na Park Avenue.

Eu liguei para a polícia antes de atacá-lo com as minhas novas habilidades de krav maga.

Ele rapidamente me conteve, e ainda riu, achando minha tentativa de ataque engraçada.

Claro, meu invasor tinha que ser arrogante.

Mas, na verdade, ele não era um invasor coisa nenhuma.

Drew era o verdadeiro ocupante do meu mais novo escritório. Ele estava em férias enquanto seu sofisticado espaço estava sendo reformado.

E foi como um vigarista conseguiu alugar pra mim um escritório que não estava disponível para aluguel.

Eu fui enganada em 10 mil dólares.

No dia seguinte, após horas na delegacia de polícia, Drew ficou com pena de mim e me fez uma oferta eu não pude recusar. Em troca de atender seus telefonemas enquanto sua secretária estava fora, ele me deixaria ficar até que eu encontrasse um novo lugar.

Eu certamente deveria agir como uma pessoa agradecida e ter ficado quieta quando eu escutei os conselhos que ele estava dando a seus clientes. Mas eu não consegui não ajudá-lo.

Eu nunca imaginei que meu corpo fosse reagir da forma que fez cada vez que a gente entrasse numa discussão. Especialmente quando parecia que era a única coisa que conseguíamos fazer.

Nós eramos totalmente opostos. Drew era um amargurado, raivoso, lindo de morrer, destruidor de relacionamentos. E meu trabalho era ajudar as pessoas a salvar seus casamentos.

A única coisa que tínhamos em comum era o espaço que estávamos dividindo.

E a atração, que estava a cada dia mais difícil de negar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s